quinta-feira, dezembro 04, 2014

Projeto social Lutando pelo bem A2 é motivo de orgulho para os moradores da Granja Guarani.

Projeto social Lutando pelo bem A2 de Jiu-jitsu, tem sido cada vez mais um instrumento para mudar a vida de adultos, jovens e adolescentes do bairro da Granja Guarani. O respeito e a disciplina, impostos pelas artes marciais são pontos fundamentais na vida de cada aluno da instituição. Criado há mas de 8 anos, pelo professor Dudu, o projeto cresceu, tomou corpo e viu nas artes marciais uma válvula de escape para a inserção social de cada jovem do bairro que frequenta o projeto.
“Pra mim é um orgulho imenso ajudar a revelar atletas do nível dos que temos aqui. Campeões estaduais,municipais e Mundias em várias categorias, estamos envolvidos na vida de cada atleta”, contou o Professor Carlos Eduardo Dudu.
O projeto tem destacado também várias atletas como as jovens Duda, Sandy Alves e Tamiris Soares que disputaram no último final de semana duas competições e ganharam duas medalhas de ouro e uma de prata em suas competições.
“Estou muito feliz com tudo o que está acontecendo comigo aqui no projeto. Nós somos uma família muito unida; cada um ajudando o outro, e não chegaria até aqui se não fosse pelo meu professor e todo mundo aqui. Depois que entrei para o  Projeto social Lutando pelo bem A2, minha vida mudou, estou muito feliz”, disse Sandy Alves.
Mais de 100 alunos já passaram pelo Projeto e que hoje é motivo de orgulho para todos os moradores, pois vidas estão sendo transformadas através do esporte.
No dia 12 de dezembro, será realizado o exame de faixa, e a confraternização será feita no bairro da Granja Guarani ,coordenado pelo Professor Dudu ,com a avaliação do Professor Leandro A2.

Vários alunos são originários de projeto social mostrando assim que o programa funciona e realmente dá oportunidade a todos para a evolução dentro desse esporte.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário