quarta-feira, agosto 13, 2014

BEIJA FLOR VAI AJUDAR BAMBAS DA SERRA NO ENREDO SOBRE A GRANJA GUARANI


A diretoria do Grêmio recreativo Escola de Samba Bambas da Serra, atual campeã do carnaval teresopolitano irá se reunir, na próxima segunda-feira, com integrantes da Beija Flor de Nilópolis, uma das maiores agremiações de samba do país. O encontro vai acontecer em Teresópolis e. faz parte do intercâmbio cultural entre as duas escolas. Na pauta, detalhes sobre a confecção do enredo da Bambas para o Carnaval 2015 e que vai ter como tema a diversidade cultural e turística do bairro da Granja Guarani.
O presidente da Bambas da Serra, Bira Fernandes, informou que o enredo da escola muito provavelmente terá lançamento oficial no próximo dia 21 de setembro. “A Bambas da Serra é afilhada da Beija Flor há 28 anos, e a parceria se consolidou há uns três anos . Temos intercâmbio em material para carnaval e formação de ritmistas e profissionais do carnaval”, enfatizou Bira.
A reunião de trabalho da próxima semana vai contar com a presença do presidente da Beija Flor, Farid Abrahão David, ex-prefeito de Nilópolis. “Este é um grande companheiro que temos no mundo do samba e que está sempre se colocando a disposição para nos ajudar a abrilhantar o carnaval de Teresópolis. A família da Bambas da Serra agradece a presença dele neste evento”, esclareceu o presidente da escola teresopolitana.
ENRÊDO
A Bambas da Serra decidiu que vai contar a história do bairro no final do ano passado. Segundo o presidente da escola, o que motivou a escolha foi a rica história cultural da Granja Guarani, aliada à luta da AMAGG (associação de moradores )pela preservação da identidade do bairro e ainda a revitalização de seus pontos turísticos, como o Quiosque das Lendas e o Lago Iacy.
"Acompanhamos essa apaixonante luta da AMAGG pelo bairro e, ficamos encantados com todo o vigor da comunidade na defesa dos seus direitos e da sua identidade. Além disso, a Granja Guarani tem uma história riquíssima em detalhes que envolve desde a família Guinle, uma das mais poderosas do país na primeira metade do século passado, até mesmo o clássico romance de José de Alencar, "O Guarani", que emprestou seu nome ao bairro. Olha que enredo espetacular, quando se une tudo isso à formidável atuação da associação do bairro nos dias atuais", explicou Bira Fernandes.
Para ajudar na elaboração do enredo, A AMAGG vai disponibilizar todo seu acervo documental da entidade e do bairro. Segundo Armindo Coelho, presidente da associação, "há muito material também para ser pesquisado em nosso blog que, há anos já vem registrando a memória do bairro. Até mesmo a série de crônicas "Os Indiozinhos da Granja Guarani", do jornalista Cesar Rodrigues, disponível no blog e que conta o cotidiano dos meninos e meninas do bairro, entre os anos 60 e 80, é riquíssima em detalhes é será muito útil nesta fase de pesquisa. Nosso bairro está orgulhoso por sua história e nossa luta irem agora parar na passarela do samba".
Cesar Rodrigues
Jornalista – colaborador da AMAGG

Nenhum comentário:

Postar um comentário