quinta-feira, janeiro 30, 2014

MIRANTE DA GRANJA GUARANI E LAGO IACY: BOAS NOTÍCIAS?

Moradores de Teresópolis, cobram melhorias em pontos turísticos

LAGO IACY ESTÁ DESATIVADO HÁ MAIS DE 15 ANOS.
MIRANTE ESTÁ ABANDONADO E MORADORES COBRAM RESTAURAÇÃO.


Mirante Granja Guarani Teresópolis (Foto: Leonardo Calazans)Asscoiação de Moradores pede mais atenção para o bairro e a reforma do Mirante
O bairro Granja Guarani em Teresópolis, Região Serrana do Rio, tem sido alvo de reclamações dos moradores pelo o que chamam de descaso e falta de investimentos no local que abriga o Lago Iacy e o Mirante (Quiosque das Lendas) tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac). Há mais de 15 anos, o Lago Iacy está desativado por conta de um rompimento de parede que faz divisa com o condomínio vizinho, mas para quem mora no bairro o problema é de fácil solução.
“Insistimos que a recuperação do lago demanda muito poucos recursos financeiros em relação à importância do ponto turístico. Não acreditamos que o prefeito Arlei Rosa compactue com essa situação. Achamos que tanto o secretário de Obras quanto o secretário de Turismo devem explicações condizentes quanto ao abandono do local que, de ponto turístico voltou a ser ponto de tráfico de drogas e prostituição”, disse Leonardo Calazans, diretor da Associação de Moradores e Amigos da Granja Guarani (Amaag).
Lago Iacy teresópolis (Foto: Leonardo Calazans)
O Lago Yacy está desativado há mais de 15 anos


Para Leonardo, o descaso com o Mirante, importante patrimônio histórico do município, também é motivo de crítica. “Está largado. O local precisa ser reformado e o seu entorno também. Precisa de limpeza nos bancos, brinquedos para as crianças, tudo”, ressaltou, lembrando que o Mirante é um importante ponto turístico.
“A impressão que a gente tem é que a prefeitura não quer saber dos turistas, não quer saber de nada”, frisou Leonardo, alegando que o Lago Iacy, por exemplo, até chegou a ser limpo e desassoreado há cerca de três meses, mas o mato volta a crescer e a terra toma conta do lago. Teresópolis irá hospedar a Seleção Brasileira durante a Copa do Mundo e, por esse motivo, os moradores cobram melhorias no bairro, já que a cidade receberá milhares de turistas e visitantes durante o mundial.
O Mirante na justiça
O dilema em torno do Mirante da Granja Guarani vai muito além da reclamação dos moradores.
Uma decisão de março de 2011, homologada na justiça perante o Ministério Público, a Prefeitura de Teresópolis, o Inepac e o proprietário das terras do Mirante, determinou o prazo de três anos para que o local fosse reformado, cabendo à Prefeitura de Teresópolis a escrituração e o cercamento da área do bem tombado, quando o governo do Estado, através do Inepc, deverá iniciar o restauro.

Lago Iacy teresópolis (Foto: Leonardo Calazans)
O lago está assoreado e, mesmo com limpeza, o

problema volta
No início do ano passado, a secretaria de Cultura assumiu o andamento do processo. Apesar de doar o bem perante a justiça, o proprietário se negava a entregá-lo "livre e desembaraçado", o que impedia a escrituração e o registro em cartório. O imóvel doado não estava com os impostos quitados.
O Ministério Público interveio e expediu pedido ao juízo da Comarca e o Registro do Imóvel (RGI), independente da escritura, deveria ser feito, eliminando o impasse em torno do imóvel. Assim, o RGI já está sendo feito, o que permitirá a ocupação do bem pelo Inepac, e consequentemente, a sua reforma. A prefeitura diz que o terreno já foi capinado e a cerca será feita assim que o Cartório liberar o número do RGI.
Prefeitura diz que já fez levantamento para obras
O G1 entrou em contato com a prefeitura de Teresópolis para esclarecer os problemas apontados pela Amaag. Em nota, o município informou que o lago está abandonado desde gestões passadas e o levantamento de obras de estrutura só foi feita no atual governo. Segundo a prefeitura, o projeto de revitalização está pronto e disponível na secretaria de Turismo, mas o valor da obra ainda não foi liberado para, em seguida, ser licitada.

Sobre o abandono e o local estar sendo utilizado como ponto de venda de drogas e prostituição, a prefeitura se comprometeu a solicitar que a Polícia Militar reforce o patrulhamento no local e que a Guarda Municipal realize rondas. “A Secretaria Municipal de Serviços Públicos fez recentemente limpeza geral nos locais, mas vai fazer nova vistoria para retornar com os serviços de manutenção”, disse trecho da nota.
Com relação ao Mirante, o município disse que não recebeu verba para reformar o mirante e que o restauração vai ser feito pelo Inepac. Já sobre a revitalização desses locais por conta da Copa do Mundo, o G1 foi informado que existe projeto em fase final para melhorar os pontos turísticos da cidade, inckluindo o Mirante da Granja Guarani e o Lago Iacy.
Nossa equipe de reportagem também entrou em contato com o Inepac para saber quando o local será restaurado mas, a até a publicação desta reportagem, não obtivemos resposta.
Fonte: G1
A AMAGG - Associação de Moradores e Amigos da Granja Guarani agradece a equipe de reportagem da Globo que, mais uma vez, atendendo a nosso pedido, trouxe a público a situação degradante do Lago Iacy. 

Muito boa a matéria que trata também da questão do Mirante da Granja Guarani (Quiosque das Lendas), cujo registro do imóvel que está sendo municipalizado já está em andamento no Cartório do município. 
Temos, enquanto associação, incansavelmente lutado pela recuperação desses pontos que não são somente do bairro, mas de importância turística e cultural para todo o município. 
Sobre o lago, não se justifica a nota da prefeitura de que o local está abandonado desde administrações passadas, simplesmente porque um erro não justifica o outro. Também está um tanto confusa a informação primeiro de que não há verba para sua revitalização, depois de que há projetos em fase final para recuperação de pontos turísticos como o próprio lago e o mirante. 
Talvez as informações estejam mesmo um pouco defasadas porque, nesta semana, a AMAGG foi procurada pelo secretário de Turismo, Henrique Carregal, que já nos apresentou um projeto de reforma do Lago Iacy, inclusive solicitando nossa opinião, junto com o MP - Ministério Público, sobre eventuais alterações na planta, o que agrademos.
Sobre o Mirante, mais uma vez confiamos na palavra do secretário de Cultura, Wanderley Peres, que nos garantiu que a documentação para a municipalização da área está em fase final e que, após isso, o restauro deverá ser iniciado com a maiore brevidade possível, usando recursos já disponíveis no Inepac e verbas adicionais advindas de emenda parlamentar do deputado André Corrêa.
Por tudo que está acontecendo reafirmamos que, mesmo com toda a morosidade que conhecemos da máquina pública, para o bem da cidade, os dois pontos serão recuperados. 
Provavelmente a recuperação dos dois não se dará antes da Copa do Mundo, principalmente do mirante, que exige um minuncioso trabalho de restauro dos seus históricos azulejos pintados (a maioria deles) à mão pelo artista luso Jorge Colaço. Mas, o Lago Iacy, este sim, acreditamos ser possível sua revitalização antes de a bola rolar na Copa do Mundo, desde que haja séria vontade política do município e que esta vontade não fique somente no papel.
Confira abaixo a matéria de O Globo:
http://g1.globo.com/rj/regiao-serrana/noticia/2014/01/moradores-de-teresopolis-rj-cobram-melhorias-em-pontos-turisticos.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário