quinta-feira, setembro 12, 2013

CAMPANHA - UTILIDADE PÚBLICA PARA A AMAGG

A Associação de Moradores e Amigos da Granja Guarani entregou na Câmara Municipal de Teresópolis uma minuta de um PL _Projeto de Lei que tem como objetivo transformar a AMAGG em entidade de utilidade pública. A associação tem se notabilizados nos últimos anos por um intenso  trabalho de promoção social junto às comunidades carentes da Granja Guarani e Pedreira. A AMAGG, com a preciosa ajuda de parceiros da iniciativa privada promove diversas festas no bairro com renda revertida para os seus projetos sociais. Esses projetos atendem a centenas de crianças e adolescentes carentes em atividades culturais e esportivas. São amparados pela AMAGG, entre outros, o Projeto Lutando Pelo Bem (Artes Marciais), a escolinha de futebol do União Futebol Clube e as aulas teatrais que atendem não só a moradores da Granja Guarani como também de bairros vizinhos. Além desse trabalho social, a tem se destacado na incansável luta pela preservação dos patrimônios turísticos e culturais do bairro, como a restauração do Quiosque das Lendas (Mirante da Granja Guarani) e a revitalização do Lago Iacy. Fora dos seus "domínios", a associação também tem feito um estupendo trabalho de apoio a outras comunidades eventualmente atingidas por calamidades naturais, como as atuações em enchentes e deslizamentos de terras. Como reconhecimento por esses e inúmeros outros trabalhos, a AMAGG já recebeu Moção de Aplausos do Legislativo teresopolitano, e ainda foi escolhida como base para a atuação da Defesa Civil no bairro. Com o Título de Utilidade Pública, a AMAGG pretende tornar-se parceira oficial do setor público na área da promoção sócio-cultural e ampliar seu leque de atuação. SEJA NOSSO PARCEIRO. AJUDE-NOS NESSA CAMPANHA A FAVOR DA AMAGG COMO ENTIDADE DE UTILIDADE PÚBLICA. QUEM FOR FAVORÁVEL COMENTE AÍ!!!!!

Cesar Rodrigues
Jornalista - Colaborador da AMAGG

Um comentário:

  1. ARMINDO COELHO PRESIDENTE DAAMAGG14.9.13

    Com a palavra nossos EDIS, para aceitarem ou não essa proposta, temos entidades que talvez seja menos ou igual a AMAGG, e já receberam, esperamos ansiosamente alguma manisfestação da nossa Camara Municipal, ou será que o Estado vai reconhecer primeiro?

    ResponderExcluir