segunda-feira, junho 17, 2013

DOMINGOS DE OLIVEIRA, LEILA DINIZ E A GRANJA GUARANI


Teresópolis já foi, durante um bom tempo, a capital brasileira do Cinema, lá pelos idos dos anos 60 e comecinho dos 70. Aqui eram lançadas com pompa as produções nacionais nas enormes e belíssimas salas dos Cines Vitória e Alvorada. Infelizmente, por falta de visão de futuro, perdemos o posto para a gaúcha Gramado.
Escritor e cineasta Domingos de Oliveira
Mas, a relação da cidade com o meio artístico não arrefeceu por causa da perda do Festival Nacional de Cinema. Teresópolis sempre foi refúgio de cineastas, atores, cantores, escritores, artistas, enfim, dos mais variados segmentos.
Tive contato com algumas figuras expoentes do meio artístico nacional, durante minha infância, toda ela passada com mais ênfase na Granja Guarani, no Alto e no saudoso Clube Caxangá.
Infelizmente não tenho registros fotográficos desse tempo. A fotografia não era algo do cotidiano das famílias mais pobres, caso da minha, nos anos 60 e 70. Mas, os registros ficaram em minha memória. Contarei aos poucos aos que se interessarem pela leitura. Hoje falarei do casal Domingos de Oliveira e Leila Diniz.
O escritor, ator e dramaturgo Domingos de Oliveira, a partir de meados dos anos 60 e até boa parte da década de 70 mantinha uma belíssima casa na parte alta da Granja Guarani. O imóvel ficava bem no limite do bairro e a área do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, e era cortado por um dos rios que formam as cachoeiras e piscinas naturais do Parnaso.
Leila Diniz
Conhecia bem o local porque, nessa é poça, eu, meu irmão, meus primos e mais alguns moleques da Granja Guarani éramos amigos do Igor e do Frederico, filhos de Domingos de Oliveira. O dramaturgo passava boa parte do ano nessa residência que, certamente, era usada como refúgio necessário para a criação de suas obras literárias.
Domingos de Oliveira escreveu muitos roteiros de filmes e peças teatrais. Foi também um dos pioneiros nos textos para a teledramaturgia brasileira. Nos anos 70 foi o autor da maioria dos episódios da famosa série da Rede Globo “Caso Especial”.
Brincávamos com seus filhos em diversos cômodos da casa e também no quintal, enquanto ele usava um dos quartos do sobrado como escritório de trabalho. No verão nos divertíamos muito no poço natural formado pelo rio que passava dentro da área do imóvel.
Leila Diniz escandalizando grávida e na praia
A atriz e ícone do movimento feminista nacional, Leila Diniz, foi casada por três anos com Domingos de Oliveira. Ela pouco vinha à Teresópolis, mas, lembro-me perfeitamente bem que algumas vezes uma exuberante mulher morena nos interrompia as brincadeiras na casa, convidando-nos, normalmente, para o lanche da tarde.

Confesso que não tenho certeza se era a própria Leila Diniz, mas, hoje, vendo suas fotos arrisco dizer que provavelmente tive o prazer de conhecer essa importante figura do cenário artístico e cultural nacional. Conheci outras, mas isso fica pra outra oportunidade.  
Cesar Rodrigues
Jornalista - Colaborador da AMAGG

Nenhum comentário:

Postar um comentário