quinta-feira, janeiro 31, 2013

PROJETO CRESÇA COM NOSSO BAIRRO, VALORIZE O COMERCIO LOCAL!


    A AMAGG se preocupado com o desenvolvimento econômico na Granja Guarani que atua por meio da valorização do comércio local, da contratação de mão de obra e de serviços à comunidade.
Quanto mais ajudamos a economia do nosso bairro a manter-se dinâmica, produtiva e inclusiva, menos vamos sentir as influências negativas de todos estes problemas.
Toda vez que fazemos compras num Supermercado na Varzea ou até em Lojas na Capital, estamos enfraquecendo a economia do nosso. Por que?

Parte da economia acumulada pelas pessoas dentro dos seus bairros, com seus trabalhos, acaba sendo transferida para estes bairros de Teresopolis, quando isto acontece. Muitas vezes as empresas onde vamos gastar o nosso dinheiro são virtuais ou estão sediadas em outros bairros, cidades, estados e até países. Muitas se beneficiam de amplos incentivos fiscais e financeiros dados pelos governos e conseguem competir no mercado com ampla vantagem em relação a um pequeno comerciante da nossa própria rua.

O comerciante de bairro tem total interesse em fidelizar sua clientela e seguramente estaria disposto a rever seus preços para enfrentar esta concorrência se tivesse mais segurança no seu negócio, investindo assim em melhores instalações, treinamento de pessoal, melhores serviços e gerando mais empregos para os próprios moradores da Granja Guarani. Segundo estatísticas mais de 70% dos empregadores no Brasil são microempresas com até 4 funcionários. Não é triste perceber quando uma padaria, lavanderia, papelaria ou salão de cabeleireiro que costumávamos freqüentar fechou?

O problema é que os verdadeiros custos não estão computados nestes preços. Será que se considerarmos os custos de transporte, alimentação, tempo perdido, estacionamento, congestionamentos, emissões de CO2, poluição etc estas megalojas realmente são realmente mais vantajosas? E se considerarmos então a perda de empregos, fechamento de pequenos negócios, degradação urbana e número crescente de espaços vazios ainda assim valeria a pena?

Saiba que muitas comunidades criaram alternativas para suas trocas e comércio solidários tais como: moedas alternativas, feiras de trocas, bazares, cadernetas de crédito, microcrédito, troca de produtos por serviços e vice-versa, entre outras. É uma maneira de estimularem uma economia colaborativa e não tão competitiva e exercerem sua cidadania e reforçarem sua auto-estima.
Comprando no seu próprio bairro você acaba conhecendo o nome do vendedor e ele o teu e as relações transcendem o aspecto financeiro, tornando-se muito mais humanas. Há troca de olhares e sorrisos. As pessoas se reconhecem. Quando estiver caminhando pela rua você pode visualizar árvores, flores e jardins, o tom do céu, perceber as mudanças de clima, ajudar crianças e idosos, conhecer caminhos diferentes e divertir-se. 

Padaria Granja Guarani adoce sua boca e aguce seu paladar!
 Açougue Granja Guarani atendimento nota 10!
 Excelente atendimento com Funcionários moradores do Bairro!
Ótimos Preços podendo pagar com Cartões de Créditos,direção Alan!

Armazém Guarani tudo para o seu Bairro!
Espaço e praticidade para suas compras!
Atendimento Delivery na Comunidade!
Materiais de construção como pisos, azulejos, torneiras, duchas, banheiras Direção Geovane.
 Pensou em papelaria, pensou Papelaria Guarani. Para cada estilo e necessidade!
 Encontre sua Lista de Material Escolar aqui!
Seu presente na nossa loja!
 Carpintaria e Marcenaria GS,Direção Simões
 A Melhor Pizza da Cidade é no Bar do Fernando!
O ponto de encontro dos amigos é no Bar do Kiko
 Mude os seus hábitos e faça economia. Através destas pequenas atitudes ajudamos a fortalecer a economia do Bairro da Granja Guarani!!
Fotos:Magal Diretor da AMAGG!DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO!

12 comentários:

  1. Anônimo31.1.13

    Parabéns a AMAGG um dos grandes problemas que apresentamos é a falta de valorização da comunidade em relação ao comércio local.

    ResponderExcluir
  2. Adriana31.1.13

    Vamos valorizar o nosso bairro, valorizando o comercio local. Queremos crescer e prospectar clientes e para isso, é extremamente importante que a comunidade saiba que estamos nos preparando, qualificando e buscando atualizações constantes, com produtos de qualidade e mais variedades.

    ResponderExcluir
  3. Marli1.2.13

    Vamos deixar o dimdim no Bairro com um detalhe,que continue com preço baixo!

    ResponderExcluir
  4. Anônimo1.2.13

    O pão da Padaria melhorou e muito quanto ao atendimento precisa melhorar e muito!!

    ResponderExcluir
  5. Mario Caetano1.2.13

    Comercio no Bairro é isso curiosidade com o objetivo de desenvolver a economia local, o Banco Comunitário Cidade de Deus vai operar com dinheiro próprio, a moeda social CDD. Pense nisso!

    ResponderExcluir
  6. Felipe Lira1.2.13

    Mario Caetano o CDD já tem sua moeda a comunidade da Cidade de Deus, onde vivem 65 mil pessoas, tem uma moeda própria. Criada em setembro de 2011, a CDD é resultado de mais de um ano de estudos feitos pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico Solidário. O banco comunitário pretende ajudar os moradores a terem uma economia articulada e independente. Atualmente, 850 estabelecimentos comerciais na Cidade de Deus, e 200 deles já estão inscritos para receber a CDD.

    ResponderExcluir
  7. Felipe Lira1.2.13

    ENTENDA O FUNCIONAMENTO DA MOEDA CDD

    O morador vai até o banco comunitário e faz a troca do seu dinheiro em reais para CDD. Com a nova moeda em mãos, ele pode fazer compras nos estabelecimentos credenciados e ganhar descontos. Há cinco cédulas em circulação: 0,50 CDD; 1 CDD; 2 CDD; 5 CDD e 10 CDD.

    O banco também realiza empréstimos para os consumidores e os comerciantes, com juros bem inferiores em relação aos bancos convencionais. A cabeleireira Aritimea Belarmina da Paz é um exemplo de comerciante que adotou a CDD. Ela tem um salão há 18 anos e dá 10% de desconto aos clientes que

    ResponderExcluir
  8. alan2.2.13

    Olá aqui quem deixa o comentário é o alan proprietário da padaria, uma belissima atitude da assossiação de valorizar o nosso bairro . Enquanto ao comentário do nosso atendimento, estou trabalhando com tudo para melhor servir os nossos clientes afinal de contas o nosso cliente merece todo o respeito .

    ResponderExcluir
  9. ARMINDO COELHO PRESIDENTE DA AMAGG2.2.13

    Gostei muito da postagem do ALAN, que já deu o chute inicial, é isso mesmo ALAN é das criticas que se cresce, meus parabéns, quem criticou e quem recebeu a critica como incentivo para melhorar.

    ResponderExcluir
  10. Andreia4.2.13

    Muito bom o incentivo da AMAGG pelo seu comercio local parabens pelos preços da Padaria estão otimos!

    ResponderExcluir
  11. Anônimo20.2.13

    os preços do armazem guarani estão muitos altos quando começou estava ótimo mas agora está começando a desejar

    ResponderExcluir
  12. Anônimo22.2.13

    o atendimento da padaria este cada vez melhor quanto no açougue e no balcão parabéns ..............................

    ResponderExcluir