terça-feira, novembro 06, 2012

Recado direto,por Cesar Rodrigues!!

Esse é um recado direto para o que considero desgoverno de minha cidade natal, Teresópolis (RJ). Há anos a AMAGG - Associação de Moradores e Amigos da Granja Guarani, o bairro onde morei nos 15 anos vividos na cidade, vem denunciando o abandono de dois importantes pontos turísticos do município: o Lago Iacy e o Mirante da Granja, ambos que, respectivamente chamávamos de Lago do Saldanha e Carramanchão. Pois bem, as denúncias da AMAGG, a despeito de terem sido, inclusive, alvo de reportagens de todos os veículos de comunicação da cidade, e também do poderoso O Globo, não sensibilizaram as autoridades locais. O mais absurdo é que os dois pontos são já há vários anos tombados pelo patrimônio histórico estadual. A pergunta que se faz é: até quando a Prefeitura de Teresópolis, um município que tem como uma das principais fontes de renda o turismo, irá fazer "ouvidos de mercador" a tão graves denúncias? Chego a me perguntar: Essa cidade tem secretário de Turismo? Essa cidade tem secretário de Cultura? Mais ainda: essa cidade tem prefeito?Visitei os dois monumentos nesta semana. De pontos turísticos o Mirante e o Lago viraram ponto de consumo de droga e prostituição. O Mirante tem uma história espetacular, erguido em estilo colonial e decorado com finos azulejos portugueses desenhados por Jorge Colaço retratando lendas indígenas nacionais. O lago foi durante décadas uma das principais áreas de lazer dos teresopolitanos e ponto de referência pela sua proximidade com antigas residências da Família Saldanha (entre eles o famoso técnico e comentarista de futebol, João Saldanha). Os dois pontos, portanto, têm história, muita história. Parece que as autoridades teresopolitanas cabularam muitas aulas. Pior, as autoridades desconhecem até mesmo a legislação pois não movem um dedo para preservar algo que, inclusive, já está tombado. Que interesse há por trás de tamanho desinteresse? Não vale a alegação de que o Mirante está em área particular. Ora, a bem público, que seja então desapropria esta área. Se o proprietário pede preço muito alto, desaproprie assim mesmo, por um valor menor e deixe que ele conteste na Justiça. Se o ´proprietário ganhar eventual causa de diferença, peça ao Judiciário o parcelamento da dívida e suaves e longos anos. E o lago, porque não é recuperado? Até quando, ao que tudo indica, vão aceitar a pressão do luxuoso condomínio que se instalou abaixo do lago? A burguesia não precisa se preocupar, hoje temos tecnologia suficiente para reforçar a estrutura da comporta do lago sem que haja risco dos seus tapetes persas um dia serem molhados. Sr. prefeito, o Sr. foi reconduzido ao cargo. Por favor, mostre serviço. restaure estes monumentos. Eles podem se transformar em importante fonte de renda para o município e para o honesto e trabalhador povo da Granja Guarani e da Pedreira. Enxergue o que a visão político e histórica míope dos seus antecessores não enxergou. Srs. secretários de Turismo e Cultura, visitem os locais, cumpram o seu dever de assessorar o prefeito dignamente, afinal, para isso vocês são bem pagos, muito bem pagos. Muito obrigado por qualquer manifestação de apoio que este desabafo vier a receber, das autoridades os dos munícipes interessados no bem da nossa linda cidade.

Um comentário:

  1. Anônimo20.11.12

    Uma vergonha, quanto nosso bairro não iria ganhar casos esses lugares estiverem recuperados, ganhariam os visitantes e mororadores com essas áreas de lazer recuperadas. Teresópolis também ganharia muito.

    ResponderExcluir