sexta-feira, setembro 21, 2012

AMAGG participa do Projeto de Educação Ambiental



 Começou nesta quarta-feira, 19, o projeto Educação Ambiental nos Bairros, coordenado pelas secretarias municipais de Meio Ambiente e Defesa Civil, Desenvolvimento Econômico e de Orçamento Participativo e Relações Comunitárias e pela Procuradoria Geral do Município. A iniciativa atende ação civil pública movida pelo Ministério Público Estadual e tem como objetivo desenvolver um trabalho de educação ambiental nos bairros, envolvendo comunidade e órgãos públicos.

O projeto é dividido em duas etapas: reunião com presidentes de associações de moradores para explicar como será feita a coleta seletiva e a reciclagem dos materiais recolhidos e visita aos bairros. A primeira comunidade visitada na manhã desta quarta, 19, foi a do Castelinho, especificamente os moradores da Rua Álvaro Paná. À noite, foi realizada a primeira reunião de sensibilização com líderes comunitários, no Teatro Municipal.

“Vamos de casa em casa explicando como o lixo seco deve ser separado do molhado e avisando que a coleta seletiva naquele bairro será implantada na semana seguinte à visita”, explicou André de Mello, subsecretário de Meio Ambiente e Defesa Civil. “Nossa meta é que 11% do lixo que vai para o aterro sanitário sejan reciclados”, destacou.

O presidente da Associação de Moradores e Amigos do Vale da Revolta, Tadeu Florêncio da Cruz, pretende aderir à iniciativa. “Esse projeto vai ajudar a diminuir a quantidade de lixo no bairro, a reduzir o impacto ambiental do lixo descartado de forma inadequada e dar oportunidade de inclusão aos catadores”.

Os diretores da Associação de Moradores e Amigos da Granja Guarani, Leonardo Calazans e Armindo Coelho, também aprovaram o projeto. “Nosso bairro já teve um projeto, chamado Patrulhinha Verde, que incentiva as crianças da escola local a participar da coleta seletiva”, contaram.

Os próximos bairros a serem visitados são Granja Guarani, no dia 26, e Vale da Revolta, no dia 3 de outubro. No dia 25 de setembro será realizada reunião sobre o projeto Educação Ambiental nos Bairros para os empresários do Núcleo de Empreendedorismo de Teresópolis.

A Prefeitura Teresópolis implantou o programa de coleta seletiva solidária de lixo domiciliar em 2010. Contando com três caminhões, atualmente o programa é feito em 25 bairros, com o recolhimento de aproximadamente 60 toneladas por mês. Todo o material é doado à Associação de Catadores Serrana, responsável pela revenda, trabalho que beneficia 23 famílias que vivem da renda obtida com essa atividade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário