terça-feira, abril 05, 2011

Cruz Vermelha precisa de voluntários!!

  Parceira do bairro nestes ultimos meses, a Cruz Vermelha, através do seu presidente em teresópolis, Sr. Herculano, fez pedido à AMAGG. Na Carta ele disse que a maior necessidade da entidade agora é de voluntario de ambos os sexos com meio de transporte para realizar os serviços de doação e levar os profissionais até as localidades que ainda estão com o acesso prejudicado, principalmente em dias de chuva. De acordo com Herculano, somente um carro está disponível para dar assistência ao trabalho da entidade. “O que precisamos mesmo é de voluntário com carro,  porque tem lugares que não dá para mandar cestas básicas e nem profissionais, pela questão de não ter asfaltamento e ter muita lama ainda. Então temos que ter um carro que consiga entrar e consiga sair dessas localidades. O voluntário que quiser é só entrar em conato com a gente e dizer qual a disponibilidade de tempo”, finalizou.
Quase três meses depois da tragédia que abalou a cidade, o galpão da Cruz Vermelha, que fica localizado na Igreja de Santo Antônio, no Alto, está praticamente vazio. As grandes doações de alimentos, água, produtos higiênicos, brinquedos e roupas que foram recebidas, de diversas partes do país, pela entidade no primeiro mês após a catástrofe, já foram entregues as famílias desabrigadas e desalojadas que sofreram com o ocorrido.

8 comentários:

  1. Anônimo7.4.11

    Na hora de ir lá pedir voçes foram,agora eu quero ve o Armindo Dinho e Fernando ir lá ajudar....

    ResponderExcluir
  2. Anônimo7.4.11

    gOSTEI DO AMIGO ,MAS FALTOU A JAQUELINE,O FABIO,IVANA ,RITA E OUTROS QUE SE BENEFICIARAM .

    ResponderExcluir
  3. Osvaldo7.4.11

    o ser humano, cada vez mais, está fútil, sem nboção...ajudar é muito bom, mostra q somos unidos, mas antes de pedir ajuda para pessoas q estão do outro lado, vamos primeiramente pedir em favor do povoda granja...
    Pare com essa briga inutil e ajude a quem presiza.

    ResponderExcluir
  4. Anônimo8.4.11

    Prezados,

    Sou do Rio de Janeiro e desde janeiro moro em Teresópolis, não por obrigação e sim por opção. Escolhi morar em Teresópolis pelo clima, pela tranquilidade, pela proximidade do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, pelo acesso às estradas, onde posso fazer meus treinos de bicicleta, dentre outros motivos.

    Enfim, escolhi Teresópolis e muito me entristece ver lugares como o Lago Iacy e o mirante da Granja Guarani em estado de total abandono. Voltei agora pouco de uma pedalada pela Granja Guarani para "reconhecimento" e pude constatar que, apesar de ser um belo lugar, há ações importantes a serem feitas para a melhoria da região.

    Gostaria de declarar meu apoio à iniciativa da associção de preservar o mirante. É um absurdo que esteja naquele estado. Mostra a total ausência da prefeitura na preservação do espaço público e se nada for feito, terá o mesmo destino do Lago Iacy, que, convenhamos, não existe mais.

    Também me preocupou as favelas na região e nesse ponto, gostaria de lhes perguntar: há algo sendo feito para inibir o crescimento destas mata adentro?

    Obrigado.

    Saudações,

    Eryck Machado
    P.S. moro no Alto

    ResponderExcluir
  5. Robson, Fernanda9.4.11

    Cinceramente, não tenho palavras pra descrever a virtude de vocês que compoem essa instituição, que não medem esforços pra ajudar as pessoas carentes, Parabéns amaggeCruz Vermelha !

    Temos que agradecer a Deus por tudo !!!!!

    ResponderExcluir
  6. Anônimo9.4.11

    isto é força do voluntariado da Cruz Vermelha. é orgulho
    DJ GELEIA

    ResponderExcluir
  7. Associaçao Moradores Amigos Granja Guarani12.4.11

    Olá Eryck Machado sim, a vocação é verde sem dúvida. A história do município ressalta desde sempre o interesse pelo clima, pelas paisagens, pela beleza da serra. E o que vimos e vemos é uma ocupação desenfreada, predatória, de grandes e pequenos. Procurando em 2010 casa/terreno para viver, deparei-me o tempo todo com corretores e proprietários dando dicas de como desmatar para construir sem ser notado. E o recorte em loteamentos de nossos morros, e varzeas.... tantas licenças irregulares, se são irregulares não deveriam ser revogadas? E os responsáveis, "responsabilizados?" Qual é a força das construtoras na política municipal? Creio que para imaginar um futuro para a cidade precisamos sim de um ideal mais humano, e inteligente, porque o que está acontendo é que estamos desvalorizando nosso próprio espaço, acabando com o que Teresópolis tem de bom: belezas e recursos naturais. Esperamos sim que pessoas determinadas e capazes, mas principalmente inteligentes e sensíveis, possam estar à frente na gestão de nosso município, que os objetivos estejam claros e sejam voltados para a qualidade de vida de seus cidadãos, para o desenvolvimento social e humano. Esses gestores podem ainda ganhar uma projeção enorme, fazendo história! com a visibilidade que Teresopolis ganhou recentemente?
    Fazemos votos de transformação!

    Utopia é mudança já! Hoje! Todos os dias!
    Grata pela atenção e por todas as respostas, fico feliz de saber que estamos "pensando teresópolis"!

    ResponderExcluir
  8. David12.4.11

    acho que o que temos de recursos, tanto para basear nossa economia quanto para guiar outros aspectos da vida local, é a natureza. Acho que integrando cada função social com os recursos ambientais que temos, e explorando isto até na área de turismo, Teresópolis vai achar sua vocação verdadeira. Se conseguimos proteger o que temos de verde, recuperar o que perdemos de verde, e administrar e divulgar isto de uma forma atraente para visitação, vamos ter um futuro. A agricultura industrial (pensando na quantidade a qualquer custo) e o turismo passivo (oferecendo hoteis e restaurantes sem serviços periféricos, incluindo a atração e recepção de turistas de uma forma mais organizada) não parecem garantir muito futuro para o município, na minha opinião. Temos uma chance agora com a revisão do Plano Diretor, com o incentivo de centenas de recentes mortos, de escolher uma nova visão do desenvolvimento realmente sustentável. Espero que vamos conseguir achar a direção melhor. Quero contribuir, dentro da minha disponibilidade limitada. Abraços, David

    ResponderExcluir