quinta-feira, fevereiro 17, 2011

Secretaria de Obras retira Barreira na Granja Guarani





Depois de insistentes pedidos feitos pela diretoria da AMAGG, finalmente, a  Secretaria de Obras retirou entulhos provenientes da queda de uma barreira na Rua Quirino Simões. A montanha de barro, pedras e paus, encheu nada menos que quatro caminhões. O trabalho foi coordenado pelo sub secretario Léo. A situação daquele tgrecho da rua estava insustentável, até porque a barreira estava tomando toda a extensão da calçada que já é pequena, o que obrigava os pedestres a transitar pela ruam, correndo riscos de atropelamento.
A direção da AMAGG agradece o empenho da secretaria, mas, ao mesmo tempo, lembra que dentro do bairro existem por fazer varias viagens de entulhos não retirados pela secretaria no "Faxinão" feito em dezembro de 2010.
Esses entulhos devem encher aproximadamente cinco ou seis caminhões de lixo que se encontra em calçadas e terrenos baldios na Granja Guarani. Esperamos também que a Secretaria não esqueça a promessa de nova limpeza na granja e na Pedreira feita pelo Sr Luiz Antonio ao nosso diretor Armindo e o presidente Fernando, em sua última visita ao nosso bairro.

4 comentários:

  1. DIRETORIA DA AMAGG18.2.11

    NOSSO SERVIÇO DE INTELIGÊNCIA E INFORMAÇÕES ACABA DE NOS AVISAR QUE ACABA DE CAIR O SECRETÁRIO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL RUDIMAR, MAS. VAI PARA O LUGAR DE JOSE ALEXANDRE E PARA O SEU LUGAR VEM UM ACESSOR DO LULA, UM GAÚCHO INDICADO POR BRASÍLIA. VAMOS SABER SE É REALIDADE SE FOR BRASILIA ESTÁ COLADINHA EM NOSSO MUNICIPIO.

    ResponderExcluir
  2. Anônimo18.2.11

    A/C DIRETORIA AMAGG - Infelizmente não vejo com bons olhos o trabalho desenvolvido pela associação de moradores da granja guarani que apenas insinua nosso bairro da Granja Guarani como duas comunidades "FAVELAS" do Machadinho e da Pedreira... o que deveria ser ao contrário falar sobre o Bairro da Granja Guarani como um todo e não insentivar a favelização de nosso bairro ainda mais...

    ResponderExcluir
  3. ARMINDO COELHO18.2.11

    QUERIA QUE O ANONIMO MOSTRASSE ONDE E QUANDO QUALQUER DIRETOR DA AMAGG SE DIRIGIU AO LARGO DO MACHADINHO OU A QUALQUER OUTRO LUGAR DA GRANJA GUARANI COMO FAVELA, EU ACREDITO QUE A PESSOA NÃO CONHECE E NUNCA ENTROU EM UMA FAVELA, A GRANJA GUARANI NEM TEM E NUNCA TERÁ JEITO PARA FAVELA, E SIM UM AGLOMERADO DE RESIDÊNCIAS MISTURADA COM CLASSE RICA, CLASSE MÉDIA E CLASSE COM POUCA CONDIÇÃO FINACEIRA E NÃO MENDIGOS E MORADORES DE RUA OU VAGABUNDOS, CITAR A GRANJA GUARANI COMO FAVELA É NO MINIMO, PESSOAS SEM NENHUM CONHECIMENTO DO RIO DE JANEIRO, E DIRETOR DA AMAGG NUNCA DEIXARÁ ESTA IMAGEM AO NOSSO BAIRRO.

    ResponderExcluir
  4. CESAR RODRIGUES19.2.11

    Caro amigo Armindo
    Não compensa gastar o verbo com pessoas que absolutamente postam comentários sem o mínimo conhecimento do nosso bairro e, mais ainda, da diretoria da AMAGG.
    Há empresários e até renomados artistas de televisão com residência de veraneio em nosso bairro e que a utilizam com frequência.
    Há milhares de honrados trabalhadores, desde profissionais liberais a servidores públicos,entreinúmeras outras categoprias profissionais também residindo por aqui.
    Temos casas simples, casas de médio padrão e até verdadeiras mansões tanto na Granja quanto na Pedreira.
    Temos, acima de tudo, uma comunidade pacífica, recpetiva, voluntariosa e pronta para ajudar o próximo, mesmo que o próximo esteja em outros bairros.
    E a AMAGG, caro anônimo desinformado, é uma síntese de tudo isso. Além do mais, é o instrumento mais forte do bairro para retirá-lo do ostracismo a que foi relegado pelo Poder Público.
    Ajudamos na politização de nossa comunidade, exatamente para que no futuro, não tenhamos a configuração de favela mencionada pelo desinformado anônimo.
    Abçs a todos

    ResponderExcluir