domingo, janeiro 23, 2011

Carta endereçado a AMAGG, pelo amigo Fernando Guida


      Acabo de voltar de mais uma visita ao abrigo de cães e gatos do Bairro Meudon, em Teresópolis.
 Junto comigo chegava uma senhora com uma caixa de papelão com dois filhotes gatinhos que haviam sido encontrados no lixo.
 A veterinária Tereza, a quem copio umas das voluntárias que coordenam os trabalhos lá, me mostrou as necessidades atuais, para os quais peço sua atenção e possível ajuda.
 Como o local (Rua G, 200, atrás do Meudon Center) está sendo super utilizado, muitas adaptações físicas tornaram-se necessárias e foram feitas.
Precisamos ajudá-las (a maioria esmagadora de voluntários lá são mulheres) com pequenos reparos que acabarão com improvisos e adaptações.
 Além de material e equipamentos de limpeza e higiene e tudo o mais que possa servir aos animais, o abrigo necessita rapidamente de eletricistas e outros profissionais que executem consertos de todo o tipo na desgastada edificação e de gente para ajudar em capina, limpeza, banho, tosa.
 Um pano que está servindo de cobertura improvisada precisa ser substituído por algo bem mais efetivo.
E por aí vai.
 Precisamos conseguir também algumas tomadas, fios, algumas torneiras, mais jornal, mais ração, tigelas, remédios.
 Elas já conseguiram outro local para novo abrigo, mas este nem de longe poderá ser desativado.
As expectativas são terríveis. Pelo que se vê, existe a possibilidade de termos, todos nós, que ajudar no salvamento, recolhimento, acolhimento, tratamento, cuidado e tudo o mais de cerca de mil animais, só em Teresópolis, até as próximas semanas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário