terça-feira, janeiro 25, 2011

AMAGG participa de reunião com o prefeito Jorge Mario Sedlacek


A AMAGG, representada pelo seu presidente Fernando Pinto, e pelos diretores Armindo Coelho e Leonardo Calazans, marcou presença na reunião que o prefeito Jorge Mário convocou com todas as lideranças comunitárias do município. O objetivo do encontro foi repassar à sociedade civil organizada


as providências que o município adotou para socorrer as vítimas e o que fará para reconstruir a cidade.

O prefeito acabou ouvindo diversas reclamações dos presentes de moradores dos bairros atingidos inconformados com a situação em que se encontram. Vários disseram estar sem luz, água e telefone e houve até quem questionasse o laudo de risco de sua residência.

Com danos em várias estradas, 42 pontes, muros, casas e rios, o temporal resultou na morte de centenas de pessoas em nosso município e mais de 800 vítimas fatais em toda a região serrana.

O Diretor Armindo Coelho,questionou o prefeito se ele tinha conhecimento prévio de que a cidade poderia ter essa catástrofe, e se sabia porque não alertou a população.o Prefeito não respondeu a pergunta.

A AMAGG está preocupada em saber se a busca das vitimas iría parar ou continuar até o ultimo desaparecido da lista oficial. A resposta do Flavio, secretario do Meio Ambiente, foi que a incumbência do resgate é do Corpo de Bombeiro e não da Prefeitura e que, de acordo com o Ministério Público, o número de pessoas dadas como desaparecidas por parentes ou amigos já chega a 255 somente em Teresópolis

A AMAGG iniciou uma conversa com outras associações para que fosse criada uma Comissão Urgente para o debate da questão.

Um morador do Caleme convidou o chefe da Defesa Civil, Flávio Castro, a visitar o local e refazer o laudo de risco. "Estão tratando a gente como moleque, tirando a gente das nossas casas. Eu sei quanto custou cada tijolo de lá. Se for realmente confirmado que é arriscado ficar lá, eu saio". Flavio prometeu visitar o local com novos técnicos nesta hoje

O Prefeito disse que agora a prefeitura começará a agir pontualmente. "Antes tínhamos que pensar no todo, fazer resgates, salvar vidas, levar alimentos. Era uma logística complexa que deixou a equipe assoberbada. Agora vamos planejar. Fazer visita e avaliação pontual".

O prefeito afirmou ainda que cobrou da Ampla, concessionária que atende o município, rapidez para restabelecer a energia elétrica nos locais que seguem sem luz. "É inadmissível que, com o que eles recebem da gente, que eles também não se desdobrem. Nessa questão estou na função de cobrar deles. Por obrigação eles tem que fazer, tem que se virar”, disse ele.

10 comentários:

  1. Anônimo25.1.11

    Essa associaçao nao tinha nada que esta la ,a Granja naosofreu nada ,é so para aparecer na midia.

    ResponderExcluir
  2. Anônimo25.1.11

    É verdade so quer aparecer na midia ,sabado o Nilson da casa da Picanha,mandou 2 Caminhoes de Mantimentos para a associaçao de moradores do seu Fernando e patota, Cade??ninguem viu????So viu chegar mas distribuir ninguem viu???

    ResponderExcluir
  3. Ao invés de criticar tente curar o mundo você também, Ao invés de criticar, ensine! Ao invés de impor, sugira!Não perca seu tempo, ligando para Radio Tere Fm,ligando para o Abel da Tv Cidade,que todos sabem do nosso trabalho sério.
    Existem pessoas que são especialistas em criticar, conseguem encontrar defeitos em quase tudo, nas pessoas, nas organizações, nos eventos. Criticar é muito fácil, basta olhar em volta, você encontrará um motivo para fazê-lo
    Nós criticamos o governo, a economia, o juiz de futebol. Criticamos nossos cônjuges, filhos e algumas vezes criticamos a nós mesmos.
    Existe uma diferença muito tênue entre a chamada crítica construtiva e a crítica destrutiva. Dizemos que a crítica construtiva tem a finalidade de melhorar, de construir, de errar menos, a diferença está na intenção...
    Tenta visitar o nosso Blog até o fim, desde o começo em 2009 e assista a alguns vídeos para vê se você não vai mudar de opinião da AMAGG, nosso relacionamento é fortalecido com palavras e gestos de carinho. Em vez de criticar, experimente elogiar.
    Do seu amigo, Leonardo Calazans

    ResponderExcluir
  4. ARMINDO COELHO DIRETOR DA AMAGG25.1.11

    É INCRIVÉL MAS, NOSSO ANONIMO O QUE TEM DE COVARDE, TEM DE DESCONHECIMENTO, VAMOS AOS FATOS A ASSOCIAÇÃO NÃO RECEBEU DOIS CAMINHÕES DO NILSON NÃO, O NILSON ATÉ LIGOU PARA A ASSOCIAÇÃO NOS OFERECENDO, MAS, FIZEMOS UMA PEQUENA REUNIÃO E RESOLVEMOS (ATÉ PARA NÃO DAR MOTIVOS PARA COVARDES E IMBECIS) NÃO ACEITAR PORQUE ERAM MERCADORIAS COM PEQUENAS VALIDADES E COISAS NA MAIORIA SUPERFULAS, COMO SHAMPOO, PANETONES E OUTRAS COISAS, ENTÃO ELE MANDOU PARA AS IGREJAS EVANGÉLICAS DO PASTOR FABRICIO E DA IGREJA AO LADO DO MANOEL FITA, E O PARA QUEM ELES ESTÃO DISTRIBUINDO NÃO SABEMOS, MAS SABEMOS QUE ELES SÃO SÉRIOS E TEMENTES A DEUS. AO CRITICAR PELO MENOS PROCURE SABER ANTES OS FATOS, DEPOIS PODE PROCURAR RÁDIOS, TELEVISÕES E ATÉ A POLICIA, MAS, PRIMEIRO TEM QUE SE GARANTIR PARA ISSO. DESCULPE O DESABAFO.

    ResponderExcluir
  5. ARMINDO COELHO DIRETOR25.1.11

    AO ANONIMO QUE DISSE QUE FOMOS A REUNIÃO PARA APARECER NA MIDIA, NÃO DEVE MORAR EM TERESOPOLIS, SE NÃO SABERIA QUE HOJE SOMOS A ASSOCIAÇÃO MAIS RESPEITADA DE TERESOPOLIS, NÃO SÓ NO MUNICIPIO MAS, NO ESTADO, ENTÃO PARA TE CLAREAR A MENTE SE É QUE VOCE TEM, FOMOS CONVIDÁDOS PARA ESTA REUNIÃO ATÉ PORQUE SOMOS DA CIDADE E PODEMOS E ESTAMOS AJUDANDO MUITO, COM IDÉIAS E ATOS, NÃO PERCA TEMPO EXTRAVANDO SUA RAIVA DE PERDEDOR E FRUSTADO, MUDE E FAÇA ALGUMA COISA PARA AJUDAR SEU IRMÃO QUE PERDEU TUDO, É FACIL É SÓ NÃO ATRAPALHAR, TÁ.

    ResponderExcluir
  6. Ao primeiro anonimo, Graças a Deus que a Granja Guarani não sofreu nada, mas nem por isso devemos nos acovardar ou omitir-se, devemos sim cobrar dos governantes, para que eles façam o que vem prometendo diante da midia, porque? primeiro somos todos irmãos, segundo poderia ter sido conosco, terceiro se você não tem coração vendo todas aquelas imagens que nunca mais vão sair das nossas cabeças, nós temos e sempre teremos coração para ajudar quem quer que seja.
    Ao segundo anonimo, realmente o sr. Nilson telefonou para o sr. Fernando dizendo que mandaria dois caminhões para a Granja Guarani, mas o sr. Fernando recusou porque a Granja Guarani graças a DEUS não sofreu nada e não precisariamos desses mantimentos, temos sim um compromisso com cerca de 90 desabrigados ou desalojados devidamente cadastrados, e pegariamos estas cestas basicas na cruz vermelha tendo em vista um bom relacionamento com esta entidade, portanto em vez de ficar só criticando por favor venha conhecer o nosso trabalho, para depois sim criticar sem ter que ficar escondido no anonimato

    ResponderExcluir
  7. Anônimo26.1.11

    O Nilson é um Grande Homen,esse sim merece o nosso respeio,saiu da Granja escurrasado por alguns moradores,e mesmo assim tem coragem de procurar o Dinho para fazer doaçoes ao Bairro que Tanto lhe fez chorar.Parabens Nilson voçe Ja pensou em Ser Vereador se for pode conta com a gente da Granja Guarani.
    Larissa.

    ResponderExcluir
  8. Anônimo26.1.11

    Moro perto do Recanto,e o Nilson é uma pessoa fora de serio,muito antes de disso ele sempre ajudou na mançao dos velhinhos,Ele o Nilson é fora de sério.

    ResponderExcluir
  9. Anônimo26.1.11

    QUEM NUNCA PARTICIPOU DA CHURRASCADA DO NILSO AI NA GRANJA O FINAL DE ANO,NILSON PARA VOCE EU TIRO MEU CHAPEU!!
    Dudinha

    ResponderExcluir
  10. Jacque26.1.11

    Sabe, quando o Nilson enviou os caminhões com os donativos e Fernando não quis aceitar fiquei brava com ele, pois já estavam falando de nós, que estávamos pegando doações e escondendo, na minha opinião tínhamosque continuar a distribuir, para aqueles fofoqueiros pararem de falar de nós. Então Fernando veio e falou comigo assim: Jacque o que Nilson mandou não é comida, ele faou comigo que virá mais caminhão, e nós não temos lugar para guardar tudo, pois a capela que nos foi gentilmente cedida, voltará as suas atividades. Naquele momento ainda procurava entender o que Fernando havia feito, mas hoje consigo compreender e ficar de certo modo aliviada, pois trabalhamos duro para separar os donativos que foram enviados, não pensem que vieram arrumadinhos, prontos para doar não, foram várias horas que ficávamos sentadas no chão da capela separando as doações, para que hoje pessoas que não tem nem coragem de se identificar, vir criticar um trabalho que foi feito em conjunto, em união, estamos unidos pelos desabrigados, pelos desalojados, já falei e volto a repetir, venha conhecer o trabalho da associação, mostre a sua cara, não se esconda, e se você que esta criticando for alguém que tentou pegar donativo sem precisar, saiba que já sabemos quem você é, portanto suas críticas não surtem mais efeito em nós, pois com a sua falta de caráter e falta de Temor de DEUS, suas críticas não nos afeta mais.

    ResponderExcluir