quinta-feira, dezembro 02, 2010

Comunidade da Granja Guarani quer revitalização do Lago Iacy

O Lago Iacy, para os antigos mais conhecido como Lago do Saldanha, sempre foi um dos pontos turísticos mais bonitos de Teresópolis. Ele também foi construído pela família Guinle dona e loteadora da Granja Guarani.
Chamávamos o lugar de Lago do Saldanha, porque, nas décadas de 60 e 70 a família do saudoso jornalista João Saldanha tinha casa de veraneio perto do lago.
Além de jornalista, João Saldanha foi comentarista esportivo na Rádio e TV Globo e treinador de futebol, sendo o responsável pela formação da seleção brasileira que, em 70, conquistou o tri-campeonato no México. Foi trocado no comando da seleção por Zagalo porque, comunista que era, não tolerou interferência do general-presidente da República Médici na sua seleção. Mas isso é outra estória que podemos contar depois...
Voltando ao Lago Iacy, até o final da década de 70 este era uma dos principais locais de lazer dos moradores da Granja e da Pedreira.
Lembro que nele podíamos até pescar bagres, tilápias e carás, nos seus cerca de 5 mil metros quadrados de espelho d’água, mantidos por uma nascente do Parque Nacional..
O local era muito bem freqüentado, e teria recebido até a visita do ex-presidente Getúlio Vargas, lá pelos anos 40 ou 50, entre ouras personalidades.
A partir dos anos 80, por falta de manutenção, o Iacy começou a ser deteriorar e o lago acabou sendo assoreado pela ação do tempo.
Em 2003, a prefeitura chegou a fazer uma revitalização no lago e implantou uma boa área de lazer ao seu redor, com mesas de jogos e equipamentos para ginástica.
Vale lembrar que o lago, a exemplo do Mirante da Granja, também foi tombado pelo INEPAC – Instituto Estadual do Patrimônio Cultural quanto pela – Lei Orgânica Municipal.
Contudo, mais uma vez, o poder público que fez uma bela obra no local, não cuidou de sua manutenção e, atualmente, o eterno Lago do Saldanha virou ponto de marginais e usuários de drogas.
A grande questão é o que fazer com este estupendo espaço público. Uma corrente acha que o lago deve ser desassoreado e recomposta sua configuração original. Alguns acham que isso não é possível porque, a estrutura não comportaria novamente o lago cheio, colocando em risco um condomínio residencial que está um nível abaixo dele.
Outra corrente defende a instalação de uma grande área de lazer no local sem o lago.
Vale lembrar que, atualmente, há sistemas tecnológicos avançados de engenharia e talvez seja possível a recomposição com segurança do espelho d’água.
Se isso é possível, ou não, somente um laudo técnico pode dizer.
Se o lago não puder ser retomado, que se faça, então, outra destinação para a área e que atenda os interesses da comunidade.
O que não pode é continuar como está.
Com a palavra a Secretaria Municipal de Obras.

6 comentários:

  1. Ulisses2.12.10

    Muito linda essa matéria,merece um oscar essa associaçao ,parabens a diario tv pela cobertura do nosso lago que era encantado..
    Essa garra de voçes é linda

    ResponderExcluir
  2. Anônimo2.12.10

    Tabalho bom é para ser mostrado mesmo, aló Michel vamos arregaçar as mangas e trabalhar, ou vai ser mais um secretariosinho que fica atras da mesa do computador esprando dar 15 horas.
    Mario

    ResponderExcluir
  3. Anônimo2.12.10

    O Lago está está abandonado. Local a cumula lixo e virou esconderijo de ladrões. Antes, área era protegida por um guarda municipal e agora por marginal.Gente não da para encher oLago vamos transformar numa linda Praça.

    ResponderExcluir
  4. Anônimo2.12.10

    onde antes existia uma área de lazer, hoje é um espaço frequentado por viciados em droga.
    Ninguém sabe dizer, com certeza, onde fica o lago Iacy. Com o espaço desse jeito, não é de se estranhar que pouca gente se recorde doespelho d,agua . Um pouco mais é que não se esquece de como brincou no local.
    Hoje, o que deveria ser um ponto de lazer para a comunidade, virou lugar só de passagem e, mesmo assim, cheio de perigos. “À noite é um deserto só. O povo fica até com medo de passar na rua. A rua em frente virou depósito de lixo e entulho de construções. O que um dia foi um Lago lindo com direito a pedalinho , não passa de montes de terra cobertos pelo mato.
    Clovis Morador a mais de 30 anos.

    ResponderExcluir
  5. CESAR RODRIGUES3.12.10

    O LAGO DO SALDANHA DEVERIA VOLTAR

    Como eu fui um dos privilegiados que teve o prazer de conhecer, e até pescar no Lago do Saldanha (naquela época, noa anos 70, nós muleques nem imáginávamos que o nome era Lago Iacy)o lado emocional me leva a desejar a volta do espelho d'água tal qual ela foi concebido pelos Guinle.
    Acho, até, que a reconstrução do lago, economicamente é mais plausível do que a consrução de uma nova área de lazer.
    Afinal, imagino, para desassorear o lago basta o trabalho de uma retroescavadeira. Depois, um reforço na estrutura do muro de contenção e quem sabe uma nova comporta.
    O povoamento do lago para torná-lo piscoso é tarefa mais fácil, pois basta a compra de alevinos (filhotes de peixes)e o seu lançamento no local, que a mãe natureza se encarrega do resto.
    Também considero que, com a restauração dos equipamentos e da iluminação já existente, o local, na prática, vira a área de lazer que os moradores tanto desejam, além de ponto de visitação turística.
    Há ainda a questão do meio ambiente. O Ministério Público Ambiental permitiría qualquer intervenção que não seja a retomada do lago, já que existe um curso de água (rio) no local?
    Como não sou engenheiro, curvo-me somente à um laudo técnico idôneo, que prove que a estrutura do lago é irrecuperável, para aceitar uma nova destinação deste espaço público.
    Não devemos nos influenciar apenas pela opinião de um ou outro condomínio vizinho ao lago que talvez infundadamente tenha receio de ser alagado em eventual rompimento do dique.
    Se ele já foi recuperado uma vez, em 2003, acredito ser plausível imaginar que isso possa voltar a acontecer.
    Há também a possibilidade de, o local sendo novamente ponto turístico, servir também de ponto de renda para os moradores do bairro que, de alguma forma, podem se beneficiar, através da prestação de qualquer serviço, do dinheiro normalmente deixado pelos turistas nos locais que visitam.
    Cesar Rodrigues
    Jornalista
    São Sebastião-SP

    ResponderExcluir
  6. Anônimo3.12.10

    ORÇAMENTO PARTICIPATIVO

    Ontem mesmo com muita chuva fomos a mais uma reunião do orçamento Participativo, a melhor reunião que assiti até hoje, uma verdadeira prestação de contas, todo explicado, região por região, demanda por demanda, tempo para todos se expressarem, esclarecimento total. Mas vamos a que interessa literalmente, a GRANJA GUARANI, a rua Arnaldo Guinle e a Estrada do Araquém está previsto no convênio do DER foi pedido a secretaria de obras que faça o orçamento de outras ruas precárias do bairro, reforma do mirante (Carramanchão)a Promotoria de Direitos Difusos e Coletivos conseguiu recursos com o Govêrno Estadual que fará reforma através do INEPAC, e o tratamento do esgoto, já esta adiantado a vinda da verba.Foram feitas várias intervenções e ficou aprovado por unanimidade que os Conselheiros se reunirão para fazer um carta que será entregue ao Prefeito por alguns conselheiros em uma reunião no Pálacio Rosa, sobre os dois anos de Orçamento Participativo, e sobre as futuras metas. Mas, tudo que é bom dura pouco, hoje acordamos com a notícia que a Secretária de Assuntos Comunitários tinha acabado de ser exonerada, talvez porque estava fazendo um bom trabalho? talvez por ciúme de vereadores? talvez porque estava conseguindo acalmar e e concientizar os conselheiros? talvez para dar mais uma cadeira para o PMDB? Mais uma pergunta que o povo quer saber já cairam 13 secretários se não perdemos a conta e o secretário de planejamento só muda de cadeira? Outra pergunta que não deve ter resposta, porque a GRANJA GUARANI não entrou no PAC 1 nem o 2, sr. Prefeito, será que não precisamos, ou não é interessante? Com a resposta o sr. PREFEITO.
    ARMINDO COELHO

    ResponderExcluir