terça-feira, outubro 19, 2010

AMAGG Participa da Reunião inaugural do Conselho do Orçamento Participativo 2010/2011


Sob a coordenação da Secretaria Municipal de Orçamento Participativo e Relações Comunitárias, foi realizada na última semana, a reunião inaugural do Conselho do Orçamento Participativo 2010/2011. O encontro reuniu o Prefeito Jorge Mario e Secretários de diversas pastas do Governo Municipal, e contou com a presença do Deputado Estadual eleito Nilton Salomão, que se colocou à disposição da atual gestão.
Para a Secretária Denise Lobato, a reunião foi produtiva e todos puderam conhecer as propostas feitas para toda a cidade. “Saneamento básico, transporte e iluminação pública demonstram bem a maturidade da população. Mostramos o que o orçamento municipal poderá fazer ano que vem, mas isso não significa que outras questões importantes não serão tratadas pelo governo municipal”, disse.
Para Armindo Gonçalves Coelho, conselheiro empossado da Região 8 e diretor da associaçao de moradores da Granja Guarani, as expectativas para 2011 são as melhores. “Nossa esperança para o próximo ano é ainda maior e mais forte. Sabemos que apenas em um ano seria difícil suprir todas as nossas carências, contudo esperamos para 2011 que tudo que conversamos aqui seja possível de realizar”, observou Armindo.
ABAIXO VARIOS COMENTARIOS!!!

10 comentários:

  1. Anônimo19.10.10

    O orçamento participativo do PT sempre foi prá ingles ver. Sempre fizeram o que quiseram.Uma porcaria de orçamento participativo desse que nunca funcionou.o povo pedia uma coisa e fazia-se outra

    ResponderExcluir
  2. Anônimo19.10.10

    Minha Senhora só quem não conhece a cidade de Teresopolis pode dizer que está gestão está trabalhando..vc perdeu a oportunidade de vicar calada..se não é servidora pública no mínimo é parente dos que lá estão..pena que, quem paga por essa administração péssima é a cidade, e o Sr Armindo, essas palavras não pode ser sua, pois foi publicado no Jornal de Tere o oposto disso tudo que está aí.
    Walmir

    ResponderExcluir
  3. Anônimo19.10.10

    Orçamento Participativo, O povo elege as obras, mas elas não são executadas. Ainda que é necessário investimento em construção de barreiras, escadarias e moradias NAO SÓ NA GRANJA GUARANI MAS EM TODA COMUNIDADE DE TERESOPOLIS.
    Irineu

    ResponderExcluir
  4. Anônimo19.10.10

    SEnhor Armindo lhe conheço da Fameat (Federação das Associações de Moradores e Entidades Associativas de Teresópolis), e sei que voçe nao tem duas caras,li sua publicaçao e
    aplaudi DE PÉ e mostrei para todos,quero acreditar que a AMAGG NÃO VIRE A CAZACA.
    GERALDO M..

    ResponderExcluir
  5. Anônimo19.10.10

    Vamos dar uma chance aesse governo puxa so falta 2 anos vamos aguardar pra ver o que acontece
    Paulo Rafael

    ResponderExcluir
  6. Anônimo20.10.10

    A participação política é uma das poucas alternativas que a comunidade tem para ter seus direitos garantidos. Ainda que as promessas dos políticos muitas vezes não saiam do papel, a comunidade não deve deixar de perseguir a solução dos seus problemas. O orçamento participativo tem sido aplicado em muitas cidades brasileiras, a exemplo de Teresópolis. Em algumas, o resultado é positivo, noutras, nem tanto. Para que as reivindicações do bairro sejam atendidas, seria interessante que, além do trabvalho da associação dos moradores, a comunidade tenha uma representação mais direta junto à administração pública. Só há um meio dessa iniciativa prosperar: a eleição de um vereador da localidade. Acredito que a Granja Guarany tenha um número de moradores suficientes para eleger um representante na Câmara Municipal. Quando morei aí, ainda na décaqda de 70, lembro que numa determinada eleição municipal os moradores se uniram e elegeram um comerciante do bairro como vereador. Seu nome era "Zé Nabo" e, os mais antigos, certamente se lembram dele. Nada impede que, novamente, o bairro tenha um representante no Legislativo. Cabe aos moradores (por que não através de sua associação?)a tarefa de encontrar alguém capacitado na Granja e começar, desde já, a trabalhar o seu nome visando as próximas eleições municipais daqui a dois anos. É importantítissimo esse trabalho prévio para que candidatos de outros bairros da cidade, os chamados paraquedistas, não levem (ou comprem) ou votos dos moradores locais na próxima eleição. estou à disposição para ajudar no que for possível, mesmo a distância. Um abraço a todos, notadamente aos amigos de minha época.
    Cesar Rodrigues
    Jornalista
    São Sebastião-SP

    ResponderExcluir
  7. Anônimo20.10.10

    Parabens pela sabiá palavra Cesar Birruguinha,eu me lembro muito de voçe meu nome é Roberto sou filho da dona Maria do Bar,e voçe esta certo e o nome mas indicado para ser vereador é o kiko filho do Zé nabo ou o Dinho filho do DR CALAZANS QUE AJUDOU MUITA GENTE NO BAIRRO

    ResponderExcluir
  8. Anônimo20.10.10

    Concordo plenamente com o nosso amigo Cesar a comunidade tenha uma representação mais direta junto à administração pública. A eleição de um vereador DO BAIRRO,o Kiko é um forte nome, mas ele tem que participar mas do processo politico da cidade de Teresopolis.
    E quanto a OP Não há dúvidas de que a idéia de orçamento participativo e participação comunitária fazem parte do que chamamos de democracia direta e a intenção de usá-los corretamente é um grande avanço democrático. A grande questão, porém, é a seguinte: Se a nossa democracia deliberativa não funciona é utópico pensar em democracia direta, sobretudo quando as camadas sociais mais pobres são facilmente manipuladas. Hoje, o orçamento participativo parece existir em dezenas de prefeituras comandadas pela antiga esquerda (hoje direita), tendo como experiência maior o exemplo da cidade de Porto Alegre. Alguns estudos já estão mostrando que o efeito positivo e benéfico deste instrumento de participação não existe.Falar em orçamento participativo numa cidade em que a população está totalmente desamparada do ponto de vista de assistência médica é complicado. Que orçamento participativo é este que não enxerga os problemas centrais da cidade.
    Carlos T....ARMINDO E AMAGG TAMOS JUNTOS.

    ResponderExcluir
  9. Anônimo22.10.10

    Estou até agora pasmo, pela reportagem que saiu no blog da prefeitura onde eu elogio essa assombração que eles dizem ser ORÇAMENTO PARTICIPATIVO, quem me conhece sabe que nunca na minha vida falaria aquilo que está escrito, perto de mim estava o LEONARDO, e ouviu bem o que eu disse,( minhas palavras: O orçamento participativo deste ano foi uma vergonha, mas vou continuar acreditando que foi experiência, vou continuar criticando,fiscalizando e denunciando,como por exemplo a obra do colégio SILVIO AMARAL, essas foram minhas palavras)como posso falar bem de um projeto onde o sr. JOSÉ ALEXANDRE é secretário de Planejamento, se ele fosse bom mesmo não sairia de Friburgo, lembro que no ano passado em sua palestra nos encheu os olhos mostrando que a Prefeitura receberia milhões e milhões em investimentos Federais e Estaduais, cadê? cadê a prestação de contas do dinheiro das emendas parlamentares? Orçamento participativo tem que ter prestação de contas.
    Eu fico pensando como RUDMAR, FERNANDO, FLAVIO, MICHELL, RICARDO RAPOSO,LUIS ANTONIO, MARCÃO E NORMA SUELY, que são pessoas que querem fazer alguma coisa pelo municipio conseguem ficar nesse governo, e para terminar a secretária do ORÇAMENTO PARTICIPATIVO não é ruim mais vai fazer o que? pois a mesma deve ser travada, por essa gestão incopetente.Aos amigos posso afirmar que se não me calarem vou continuar criticando, fiscalizando e denunciando o que for ruim e elogiando o que for bom.ARMINDO COELHO Diretor da AMAGG.

    ResponderExcluir
  10. Anônimo24.10.10

    Muito obrigado, a quem lembrou do meu nome para ocupar um cargo tão importante como à de VEREADOR, para quem não sabe sou filho de JOSÉ CORRÊA DE LIMA, conhecido popularmente como ZÉ NABO, o único representante legal da GRANJA GUARANI à CAMARA MUNICIPAL, na decáda de 70.Por isso venho comunicar que desde do último pleito,que eu e as lideranças decidimos que eu CARLOS HENRIQUE DE LIMA (KIKO)irei me apresentar como pré candidato a vereador para representar a GRANJA GUARANI nas próximas eleições, pois já passou da hora de nós moradores deste Bairro maravilhoso ter total independência, para que possamos assim ter com quem reclamar sem ter que ficar pedindo a quem vem de 4 em 4 anos nos arrancar os nossos votos e não mais voltar, para pelo menos saber se estamos vivos. Eu KIKO morador deste Bairro à 40 anos, conheço bem cada problema que o Bairro possa ter, seja ele qual fôr. Por isso temos que nos unirmos para que juntos possamos reivendicar os nossos direitos. Desde já agtadeço a todos que apoiam essa empreitada.
    Muito obrigado, e até a próxima.CARLOS HENRIQUE DE LIMA - KIKO

    ResponderExcluir